Inerente à condição da espécie humana é a necessidade de transposição do impossível, do inimaginável e do intangível.  Assim o homem desbravou continentes, pisou na lua pela primeira vez, inventou o computador, fez o primeiro clone e criou o primeiro robô. Sonhos malucos, ideias de gênios e mitos tidos anteriormente como impossíveis, muitas vezes criados pelas ficções hollywoodianas ou apenas carona nos The Jetsons. Hoje nada mais, nada menos, que parte do nosso cotidiano.

Nunca a comunicação esteve tão rápida. Coitado de Graham Bell, cada vez menos o telefone tem utilidade, cada vez menos se gasta com ligações. Primeiro a internet, depois os smartphones, agora é a vez do Moto Z Play.

Conheça o aparelho abaixo:

Os smartphones e seus inúmeros aplicativos já não se fazem mais suficientes. Nós queremos câmeras com qualidade. Nós queremos baterias duradouras. Nós queremos mais funções. Queremos, ainda, estar em todos os lugares e ao mesmo, transmitindo o que de melhor a vida nos oferece, o que de melhor temos para mostrar do nosso cotidiano. Para isso precisamos de tecnologia que dê conta de suportar essa nova realidade. Será que o concorrente nunca pensou nisso?

Mas e aí senhores o que tem demais o Moto Z?  Ele tem o Moto Snap. O que é moto snap? O Moto Snap é meio que Bom Bril (desculpe-me a marca pela analogia, mas ela se faz necessária). São acessórios (como capinhas normais para celulares) que se acoplam por meio de peças magnéticas ao aparelho produzindo funcionalidades diferentes.

O cel é fodão merrmo. São quatro funcionalidades diferentes que variam de acordo com a tecnologia empregada. Há um acessório de câmera com zoom óptico de 10x, flash Xenon e controles dedicados, chamado Hasselblad True Zoom, outro reprodutor de som com a alta qualidade, chamado de JBL SoundBoost Speakers, um projetor de imagem, que transforma qualquer superfície plana em uma telona de 70 polegadas, para você assistir a seu vídeo favorito, chamado de Moto Insta-Share Projector e uma super bateria chamada de Incipio offGRID™ Power Pack, para você ganhar horas de duração da bateria.

Não é à toa que o Moto Z, da Moto está mais que revolucionando o sistema de comunicação via celulares, justamente por essas funcionalidades não inerentes aos celulares. É até cômico de se pensar, mas faz parte da evolução.

A “capinha” (vamos chamar assim porque o nosso forte não são tecnologias) de bateria dura até 45 horas, ou seja, em média 4xs mais que a bateria de outros smartphones. Na realidade, acostumados com a suposta obsolescência programada e com um assalto aos nossos bolsos, jogamos confete para uma coisa que na realidade deveria estar presente em qualquer celular. Enfim o Moto Z começou bem. Ele mexeu justo na nossa ferida ao implantar isso.

moto-snaps
Dá esquerda superior para a direita inferior: 1- Incipio offGRID™ Power Pack | 2- Hasselblad True Zoom | 3- Moto Insta-Share Projector| 4- JBL SoundBoost Speakers |

Nós não entendemos muito de máquinas fotográficas, mas sabemos que esse celular com a “capinha” de máquina tem uma lente muito superior a qualquer outro celular existente no mercado. A lente do Moto Z Play tem 16 megapixels. Dependendo do ponto de vista é uma câmera fotográfica profissional.  O foco dele é a laser e tem 32 gigabytes. Bastantinha memória também, sacou por que o cara é bom? Por que estamos insistindo que ele revolucionou o mercado de smartphones?

Não acreditou? Toma essa batata para você:  https://www.motorola.com.br/moto-snaps.

Você viu como funciona? O celular tem duas partes. A primeira é um smartphone normal. Ao passo que, a segunda é uma hiper, maxi e topper câmera que se acopla ao celular por um sistema de ímãs. Era isso que queríamos e que precisávamos.

Já pensou que um celular um dia te permitiria estar no cinema ou substituir o projetor, ampliando imagens? Então tem uma funcionalidade para isso. É muito sensacional. Estamos falando. Acredite.

motorola-moto-z-play-moto-snap

E se a sua caixa de som de repente estourar ou naquela festa incrível o DJ está tocando e pronto, ferrou o som, deu pau. Então uma simples “capinha” lhe permitirá uma super amplificação de som. Não parece de verdade, né, gente. Mais uma vez parece coisa do futuro ou modernidade demais para gente.

Ah, já íamos esquecendo. Ele é leve, tá. Não se preocupe. Embora você esteja com uma super câmera, ela não pesa igual a uma. O celular é leve. Nem é difícil de transportar também. Utilizamos o Moto Z para cobrir os momentos inesquecíveis da SPFW.  Não tivemos problemas algum. Nem com o peso, nem com dificuldades de manuseio da câmera ou do seu sistema operacional. Captamos momentos incríveis com alta qualidade de imagem.

Já foi, já era. O futuro é aqui e agora com o Moto Z play.